voltar ao blog

Software médico é solução para clínicas e serviços médicos

Software de gestão médica otimiza tempo e armazena prontuários dos pacientes com segurança

Agendar pacientes, cuidar das fichas de cadastro e do relacionamento com pacientes, verificar indicadores de resultados, programar campanhas de marketing, realizar controle financeiro, arquivamento de dados e prontuários, são algumas das atividades que o software de gestão médica pode agilizar na sua clínica, consultório ou hospital. Já pensou em adotar um sistema desse na sua clínica? A exemplo do que já fez o Hemocentro, do Hospital de Base de São José do Rio Preto, que permite agendamento, lembrança e acompanhamento de todo processo, pelo paciente, e pelo serviço, por meio de sua plataforma, desenvolvida pelo TagChat.

Com o objetivo de dar suporte para organizar e automatizar as rotinas de unidades de saúde, como agendamento de consultas, prontuários médicos, arquivamento de exames, procedimentos e materiais; um software de gestão médica é um sistema desenvolvido para auxiliar na digitalização e gerenciamento de clínicas, consultórios e unidades de saúde. Criado para atender demandas de diversos estabelecimentos.

Um dos fatores que com certeza podem indicar o sucesso ou não do sistema, é a sua flexibilidade. Ao ser informatizado é preciso que permita transformá-lo e adaptá-lo quando necessário. Se assim não o for, as chances de perder o poder de gestão, são imensas. Em geral, isto ocorre, quando os mesmos são feitos com interpretações literais de determinados manuais de procedimentos administrativos. Com isso, acabam desconsiderando particularidades típicas de clínicas e consultórios com configurações peculiares.

Sistemas de IA humanizam health care em 80%, diz pesquisa

 A alimentação precisa ser simples, nada de infinitos campos apenas para cadastrar uma simples despesa ou um paciente. Como a finalidade é evitar sistemas confusos e desorganizados para não perder tempo e muito menos refazer o trabalho, é importante eliminar todos os bugs que possam trazer desordem.

Qualquer um pode ficar responsável por alimentar um software, desde que sua interface seja interativa, intuitiva e fácil de operar, em todos os níveis de usuários.

Ser acessível para qualquer uma das plataformas disponíveis é a única forma de um sistema de gestão de clínicas ser bem aceito. Se ele for limitado a determinados tipos de sistemas, a chance de não avançar é grande. As plataformas devem contemplar o Windows, Mac OS, Linux, Android, iOS, além de poder rodar em dispositivos como desktops, tablets e smartphones.

Softwares funcionais permitem que o médico consiga configurar diversos modelos de atendimento desejados, de modo que, ainda na tela inicial de atendimento, o colaborador possa selecionar o modelo no qual o paciente se encaixa, permitindo que seu atendimento seja personalizado e individualizado.

Mesmo para os médicos mais tradicionais, um software de gestão para clínicas tem o poder de transformar o cotidiano do trabalho e tornar a rotina mais simples. Além disso, é uma ótima ferramenta para melhorar o controle de todas as etapas do processo.  

Gerenciamento financeiro e de custos

O melhor software de gestão médica poderá oferecer a possibilidade de realizar prescrição eletrônica com facilidade e segurança, evitando erros e otimizando seu tempo no consultório. Desta forma, os pacientes poderão obter prescrições de maneira eficiente e aproveitar o tempo economizado durante a realização da prescrição para tirar dúvidas ou levantar questões.

Com um software de gestão médica moderno, o prontuário eletrônico também poderá oferecer recursos e funções para gerenciar o consultório por meio de integração com outros mecanismos, como agendas, módulo financeiro e gerenciador de tarefas, permitindo que a receita reduza custos operacionais.

Um software de gestão médica permite a previsão, provisão e acompanhamento de materiais e instrumentos essenciais para procedimentos realizados no consultório, como luvas, seringas, medicamentos, máscaras, órteses e outros.

Basta que os itens sejam cadastrados quando adquiridos, tornando o controle até seu possível descarte. Isso evita desperdícios e falta de suprimentos, especialmente em situações de emergência.

Software médico na nuvem

O sistema de gestão médica na nuvem é um modelo de negócio que funciona com assinaturas. Por mês, ou ano, o responsável pelo consultório paga um valor para ter seu acesso ou serviço. Esse software não necessita de qualquer tipo de instalação nem exige qualquer espaço de memória diferente do instalado.

Os dados são armazenados na nuvem, permitindo o acesso de qualquer dispositivo com conexão à internet sem qualquer risco de perda de informações. Suas atualizações também se diferenciam do sistema instalado, já que são realizadas constantemente sem que seja necessário instalar uma nova versão.

Software médico agrega vantagens competitivas ao seu consultório

Um software de gestão médica proporciona mais capacidade para administrá-lo de forma integrada, combinando desde os processos básicos do dia a dia, como a organização dos horários de consultas e contato dos pacientes, a imprevistos, como a gestão de chamadas perdidas ou pacientes ausentes.

Um ganho de tempo sem precedentes para a equipe, que poderá ser reinvestido na atenção presencial dos pacientes e em outras atividades administrativas e de promoção do negócio.

Uma experiência melhor para o paciente, o que muitas vezes se traduz em sua fidelização.

Psicóloga desenvolve software de gestão para profissionais da área

A psicóloga Brasilda Rocha, de Rio Preto, é uma das pioneiras a ter pensado uma forma de otimizar o tempo no atendimento de seus pacientes. Para tanto, ela buscou ajuda para desenvolver um software de gestão de clínicas de psicologia, que batizou de Brinky, há alguns anos.  Ele é uma ferramenta criada para que o profissional possa gerenciar, não apenas os dados de seus pacientes, mas também o fluxo de informações referentes a cada consulta.

Com a proposta de somar para facilitar a vida do psicólogo, Brasilda desenvolveu o software graças a sua vasta experiência clínica, pedagógica e vivencial adquirida ao longo de 35 anos de atuação efetiva na área clínica. E ao somar seu conhecimento com a técnica de alguns profissionais da tecnologia, pode desenvolver o Brinky voltado para o profissional gerenciar, não apenas os dados de seus pacientes, mas também o fluxo de informações que precisa administrar em cada consulta.

O programa oferece vários recursos para o usuário de forma personalizada e ágil, no dia a dia de sua clínica. O objetivo é atender todas as especificidades do profissional de Psicologia, com métodos e procedimentos para a documentação de cada caso.

O Brinky Gestão de Clínica de Psicologia foi concebido para ser executado em uma configuração mínima, dada a realidade de recursos de alguns computadores. O software pode ser adquirido pela internet, a partir do site, onde também poderá ser atualizado.

O software só poderá ser manuseado por pessoas cujo acesso tenha sido autorizado pelo adquirente, por intermédio de licença. Neste caso, o usuário recebe o software e, ao executá-lo em um dado equipamento, deverá verificar o número fornecido pelo software, denominado Hardkey.

Esse número é gerado de acordo com o hardware, ou seja, outro equipamento irá gerar um número diferente. Esse número será válido por 30 dias, independente da assinatura do contrato, a título de experimentação por meio de senha segura (hardkey).

6 vantagens de um software de gestão para clínicas médicas

Em seu blog, a médica Paula Tostes se dedica a oferecer aos médicos, inúmeras alternativas de informações sobre como a tecnologia pode auxiliar a tornar sua rotina mais tranquila. Nele ela descreve algumas das vantagens de adotar softwares, que vão otimizar a gestão do serviço médico, veja abaixo.

1. Informações centralizadas

Com tanto tempo dedicado ao exercício de sua profissão, muitos médicos não têm tempo de acompanhar o avanço de outros recursos. Muitos não sabem o que é um sistema de gestão e têm até medo da complicação que o uso pode trazer.

Mas, na verdade, o conceito é bem simples. Trata-se de um programa de computador que centraliza e reúne todas as informações relativas à clínica. O sistema também integra os diferentes departamentos da empresa, tornando o fluxo de comunicação mais rápido e direto.

2. Cadastro de pacientes

Em um software de gestão de clínicas, é possível armazenar todos os dados dos pacientes em um único local. Assim, além de ter o registro dos dados cadastrais básicos, o médico também pode armazenar o prontuário de quem ele atende, guardando exames e mantendo um histórico detalhado sobre a saúde de cada pessoa.

3. Agendamento de consultas

Um paciente desmarca em cima da hora, enquanto outro tem uma urgência e precisa ser encaixado para uma visita repentina ao médico. Com uma agenda convencional, visualizar esses intervalos livres é muito complicado.

Já o software de gestão permite um manejo rápido e eficiente da agenda. Isso otimiza não só o tempo do próprio médico (evitando “buracos” no dia), como também o de seus funcionários, que ganham agilidade na hora de fazer as marcações e, assim, melhoram o atendimento.

4. Emissão de receitas

Muitas vezes, pode ser difícil para o médico se lembrar do que prescreveu para cada paciente em suas diversas consultas. Além disso, há o risco de o farmacêutico não entender o medicamento que foi indicado.

O sistema de gestão permite o preenchimento rápido dos formulários de receitas diretamente no arquivo do paciente.

5. Gestão de finanças

Uma clínica é um centro de saúde, mas é também uma empresa. E, como tal, precisa de um controle rígido de seu fluxo de caixa, entradas, saídas, contas a pagar e a receber. Um bom software de gestão facilita o armazenamento das informações de gestão financeira, auxiliando no controle de operações.

6. Segurança da informação

Por lei, as conversas entre médicos e pacientes têm garantia de sigilo. Isso significa que essas informações devem ser protegidas a sete chaves, pois um vazamento ou perda de dados poderia ter consequências desastrosas.

Em um bom sistema de gestão, as informações são protegidas por camadas de criptografia, o que garante a segurança contra-ataques cibernéticos. Além disso, o próprio programa realiza backups automáticos, criando cópias seguras da informação, o que protege contra perdas em caso, por exemplo, de pane no computador.

Links pesquisados

www.saudevianet.com.br

www.brasildarocha.com.br

www.mediflix.com.br

www.blog.paulatostes.com.br

2022 © Tag Center. Todos os direitos reservados.
arrow-leftarrow-right linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram